Egresso do curso de Cinema e Audiovisual vence 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes

O longa-metragem "Vermelha", dirigido pelo egresso do curso de Cinema e Audiovisual da UEG Câmpus Goiânia Laranjeiras, Getúlio Ribeiro, venceu como melhor filme na Mostra Aurora da 22ª Mostra de Cinema de Tiradentes. Ele recebeu o Troféu Barroco, premiação principal do Festival, e várias prêmios de parceiros. A Mostra de Cinema de Tiradentes é um dos principais festivais de cinema do País

O filme, eleito pelo Júri da Crítica, foi realizado pela produtora Dafuq Filmes, formada também por egressos do Cinema e Audiovisual, e conta a história de dois homens que vão até uma fazenda, no meio do cerrado goiano, extrair e transportar uma raiz atingida por um raio. Paralelamente, Gaúcho, um dos personagens principais do filme, reforma o telhado de casa, junto com o amigo Beto, e é constantemente ameaçado por Jonas, que cobra dívidas em atraso. Além desses personagens, o longa também conta com as figuras de Diva e Débora, além da cachorra Vermelha, que dá nome à obra.

Na nota explicativa de premiação da Mostra, o Júri da Crítica mencionou que a importância do longa se deve ao “investimento e confiança nas bordas do acontecimento, nos lembrando das potências políticas da opacidade, e esculpindo uma ação metafórica através de sua materialização em ideias sonoras e pictóricas, fazendo com que a economia gramática do filme exprima sua ideia motriz em cada quadro”.

Nesta 22ª edição, a Mostra de Cinema de Tiradentes teve como foco principal a celebração da temática do corpo como espaço político, social e como possibilidades imagéticas e estéticas. Além de "Vermelha", outro longa goiano foi premiado no Festival. O documentário "Parque Oeste", dirigido por Fabiana Assis, venceu a Mostra Olhos Livres, sendo selecionado pelo Júri Jovem da mostra.

(Comunicação Câmpus Goiânia Laranjeiras| UEG)

Notícia publicada em 28/01/2019