UEG emite nota sobre a revitalização do Estádio Olímpico

Sobre a revitalização do campo do Estádio Olímpico e sua utilização no Campeonato Goiano de Futebol (Goianão), a Universidade Estadual de Goiás (UEG) informa que, em outubro de 2018, assumiu legalmente a responsabilidade pela gestão do Centro de Excelência do Esporte, incluindo o Estádio Olímpico. Iniciou, então, os procedimentos para autuação de processo licitatório para a contratação de empresa especializada em revitalização de gramados esportivos, medida indicada para todo campo de futebol profissional pós-temporada.


Mesmo diante das dificuldades orçamentárias enfrentadas pelo Governo do Estado, a Reitoria da UEG não mediu esforços no sentido de dar continuidade ao processo e realizar a revitalização do campo do Estádio Olímpico.


Apesar de algumas intercorrências, o processo licitatório foi concluído no mês de dezembro de 2018. Em razão de questões logísticas e das festas de fim de ano, a empresa vencedora só pôde iniciar estes trabalhos no início do mês de janeiro de 2019.


De acordo com informação repassada pela empresa responsável, o prazo total necessário para conclusão dos procedimentos de revitalização do gramado giram em torno de quarenta dias.


A UEG, em negociação com a Federação Goiana de Futebol (FGF) e com os clubes, se dispôs a suspender parte dos serviços de revitalização para atender à demanda do calendário do Campeonato Goiano, sendo que a conclusão destes trabalhos ficaria para momento posterior, no qual não causaria grandes transtornos à realização dos jogos oficiais. A medida paliativa não prejudicaria a utilização do gramado que, no final da temporada 2018, encontrava-se em situação regular de uso.

 

Anápolis, 11 de janeiro de 2019

Notícia publicada em 11/01/2019