Curso capacita pesquisadores para redação científica em língua inglesa

Participantes foram selecionados por edital interno e submetidos a teste de nivelamento em inglês


A Universidade Estadual de Goiás, por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PrP|UEG), realizou, pelo terceiro ano consecutivo, o curso Researcher Connect voltado para professores de pós-graduação.

O treinamento ocorreu entre os dias 28 e 30 de novembro no auditório dos mestrados, na Administração Central da UEG, em Anápolis.

Ministrado por Vaneeta D’Andrea, professora emérita da University of the Arts, de Londres, o curso visou melhorar as habilidades de comunicação de pesquisadores, aumentar o alcance e o impacto de pesquisas.

De acordo com o assessor da PrP, professor Lourenço Costa, o foco da formação foi também desenvolver habilidades em comunicação para que sejam aplicadas em contextos internacionais e multiculturais.

“A proposta foi que os professores pudessem aprimorar e alavancar suas publicações científicas, assim como fomentar o processo de Internacionalização desta Instituição”, afirmou.

Um dos preceitos de qualificação de Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu, conforme estabelece a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), refere-se às iniciativas de Internacionalização.

“E nossa Política de Internacionalização prevê inciativas como esta, o que condiz com a necessidade de aprimoramento na língua inglesa e de produtividade científica”, destacou Lourenço.

Segundo ele, os professores que passaram pelo aprendizado terão subsídios ainda maiores para aprimorar a orientação aos alunos.

“A experiência acadêmica e científica da conferencista foi usada como um aspecto explorado durante as explanações, além de ter aplicado os objetivos da formação”, afirmou Lourenço.  

O curso foi cofinanciado pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Goiás (Fapeg) e oferecido pelo Newton Fund Professional Development & Engagement Programme e British Council.

(Weber Witt| Foto: Nabyla Carneiro | CeCom| UEG) 

 

Notícia publicada em 30/11/2018