Motivação, diversão e aprendizagem marcam Dia do Trabalhador da UEG

Atividades lúdica, esportiva, motivacional e técnica marcaram o Dia do Trabalhador da Universidade Estadual de Goiás (UEG), na Administração Central, em Anápolis, motivado pelo Dia do Trabalhador, comemorado no dia 1º de maio. Organizado pela Coordenação de Desenvolvimento Humano, em parceria com o Centro de Comunicação Institucional (CeCom), os eventos contaram ainda com quatro oficinas simultâneas e uma caminhada, na Trilha do Tatu.

Uma das oficinas foi marcada pela experiência e simplicidade do servidor José Teles Barbosa, jardineiro da UEG. Autodidata, José Pereira repassou o que aprendeu ao longo da vida. “Não sou contra a leitura, mas, graças a Deus, o professor que tive foi o professor de todos nós (Deus)”, disse. “Aprendi vendo, ouvindo, ajudando; aprendi a usar a inteligência para fazer; e foi assim, no erro e no acerto, com força, coragem e interesse que aprendi a fazer”, acrescentou.

Ele ressaltou que cada tipo de plantio exige um tipo de técnica. Suas dicas: amor, carinho e vontade de trabalhar com a planta. “É como tratar da saúde de uma pessoa”, ensina, ao ressaltar a satisfação que o trabalho lhe dá. “Eu converso com ela (planta): ‘olha, tu não vai morrer, pois coisa boa é a vida”, revelou. Claro, é preciso estar atento a detalhes como quantidade certa de água e de sombra, diâmetro e profundidade das covas, se o terreno é contém pedra ou só terra macia. “É muito detalhe”, avisou.

 Nenhuma morreu

Adubo, não pode faltar. Boa parte desse insumo não custa nada para a UEG. Folhas, capim e pequenos galhos cortados por ele na limpeza e poda do jardim são amontoados ao lado do muro até ficarem decompostos e virar adubo orgânico. E dá certo? “As que eu plantei, nenhuma morreu (sic)”; como não ter prazer e ir à luta”, respondeu.

Assim, José Pereira segue seu trabalho, do qual se orgulha também de ensinar, agora, aos colegas da UEG. “É muito bom poder repassar o que se sabe pros outros, sobretudo pra’queles que têm vontade”, confirmou.

As demais oficinas, que também tiveram início às 14h, todas ministradas por servidores da UEG. Foram elas a de dança do ventre, com Paula Alcântara; fotografia, com Marcos Rogério Fernandes; papelaria, com Alyne Lugon e Cyntia Lima e, por fim, a caminhada na Trilha do Tatu, monitorada pelos estudantes de Ciências Biológicas do CCET Gabrel e Alexandre.

Lanços de amizade

Pela manhã, o evento com palestra motivacional e apresentação da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, no auditório do Mestrado, no Bloco 4. As saudações aos servidores foram feitas pelo pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, professor Christiano de Oliveira e Silva, que representou o reitor, professor Haroldo Reimer. Christiano destacou a importância da participação nesse tipo de evento, que, para ele, também é um momento de estreitar laços de amizade.

Em seguida, os servidores ouviram palestra do professor Paulo Henrique de Freitas Miranda, que falou sobre Motivação no Trabalho. Ele apresentou conceitos de gestão, entrecortados por casos emocionantes, narrados por ele mesmo ou em vídeo. Em resumo, as mensagens marcantes foram: na carreira, é preciso ser extraordinário, ir além; motivação são as janelas que se abrem por dentro; temos de fazer melhor por nós; e, ainda, suas atitudes e escolhas são a casa em que vai morar”.

O evento foi também oportunidade para o lançamento da nova Comissão de Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) da UEG. A Cipa será formada por seis servidores eleitos e outros seis escolhidos pela direção da Universidade. A comissão vai trabalhar em parceria com a Brigada de Emergência, que contará com 40 servidores treinados pelo Corpo de Bombeiros de Anápolis.

Cartilha

A apresentação da Cipa foi feita pelo técnico em segurança do trabalho e servidor da Coordenação de Desenvolvimento Humano (CDH), da Gerência de Gestão de Pessoas, Guilherme Miranda Machado. Ele também avisou que uma cartilha sobre segurança do trabalho foi confeccionada e será enviada a todos os servidores da UEG, via e-mail marketing.

 

 

(José Carlos Araújo | CeCom|UEG)

Notícia publicada em 04/05/2018