UEG comemora 4 anos e 1 milhão de refeições do Restaurante Cidadão

A Universidade Estadual de Goiás (UEG) comemorou, no fim da manhã desta quinta-feira, 21, os quatro anos do Restaurante Cidadão na Universidade, no Câmpus de Ciências Exatas e Tecnológicas Henrique Santillo, em Anápolis. Para marcar a data, foi instalada uma placa na porta do restaurante, implantado em parceria com a Organização das Voluntárias de Goiás (OVG). A data marca ainda os mais de 1 milhão de refeições servidas na UEG, para servidores, estudantes e a comunidade em geral.

Também como parte da celebração, o reitor da UEG, professor Haroldo Reimer, deu às boas-vindas às representantes da presidente de honra da OVG e primeira-dama do Estado, Valéria Perillo, no auditório da Reitoria. “Expresso profundo agradecimento pela parceria nessa conquista, um avanço social enorme”, disse o reitor à diretora de Ações Sociais, Helca Nascimento, e à coordenadora de Fiscalização, Indiara Antônia. 

“Sou frequentador assíduo do restaurante” continuou o reitor. “Não é um restaurante para atender às preferências gourmetizadas, mas que está dentro de uma política de segurança alimentar, para que o cidadão comum, especialmente aquele em condição de vulnerabilidade, possa ter acesso a um prato de comida balanceada, dentro de um estudo nutricional”, avisou o professor Haroldo, para referendar, mais uma vez, a parceria UEG/OVG: “Queremos para manter esse benefício para a comunidade universitária, trabalhadores e suas famílias”. 

Livro-balanço

“Contem conosco”, respondeu a seguir Helca Nascimento, presenteando o reitor com um livro-balanço das realizações da OVG em 2017. Entre elas estão os mais de 2 milhões de refeições servidas nas 12 unidades do Restaurante Cidadão. Ela lembrou a luta do professor Haroldo para trazer o Restaurante Universitário para a UEG, materializada em 2014, e também fez questão de agradecer à parceria.

“(O Restaurante Cidadão) estar em uma Instituição como a UEG é uma distinção ímpar”, disse, para destacar, por sua vez, a importância do Programa Restaurante Cidadão. “Confere segurança alimentar e nutricional a todos os cidadãos que fazem uso do restaurante no Estado e reforça a composição de renda familiar – a refeição custa R$ 2,00”, definiu.

Cardápio padrozinado e campanha contra desperdício

Com cardápio padronizado pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), com base no Programa Alimentação do Trabalhador (PAT) – que define os nutrientes necessários à grande refeição do dia, que é o almoço, o

Restaurante Cidadão (RC) tem uma clientela formada pela comunidade em geral, estudantes e servidores da Universidade. “É um público muito educado”, elogia a nutricionista Kelly Cristina Campos, que responde pelo restaurante.

Elas têm, no entanto, uma preocupação: o desperdício. De uma média de 700 kg de alimento oferecidos por dia a 1.200 clientes, pelo menos 100 kg vão parar na lata do lixo. Esse dado levou o restaurante a criar uma campanha de conscientização, informando sobre o total desperdiçado e alertando para o número de pessoas que passam fome todos os dias.

“Em dia que tem frango, o desperdício cai para cerca de 80 kg”, lembra Kelly Cristina. “É a carne que os estudantes mais gostam”, acrescenta Naara Morais, também nutricionista do RC. Elas se dizem abertas a sugestões para melhorar a qualidade do serviço e, se for o caso, reduzir o desperdício.

Outras opções para fazer críticas e sugestões são a Ouvidoria ou a nutricionista da OVG que fica no restaurante durante o horário das refeições. “O ideal é falar com a nutricionista da OVG, no momento em que a refeição está sendo servida, pois pode ainda dar tempo de corrigir algum problema”, sugere Kelly Cristina. Ainda sobre o desperdício, ela repete o que já escrevem em avisos no restaurante: “Se não vai comer, peça menos ou ofereça ao colega o que não vai comer”.

SAIBA MAIS
Números e informações sobre o Restaurante Cidadão na UEG
Horário de funcionamento: das 10h30 às 14h
Número de refeições oferecidas: 1.200 por dia, em média
Valor da refeição: 2 reais (inclusive criança)
Quantidade de alimento produzido por dia: 720 kg por dia, em média
Alimento jogado fora pelos consumidores: 120 kg por dia, em média
Ouvidoria da OVG: ouvidoria@ovg.org.br ou (62) 3201-9305.

 

(José Carlos Araújo | CeCom| UEG)

Notícia publicada em 21/03/2018