Estudante da UEG é selecionado para conferência na ONU, em Nova York

O estudante Pedro Henrique Braz Silva, do oitavo período do curso de Engenharia Civil do Câmpus de Ciências Exatas e Tecnológicas da Universidade Estadual de Goiás (CCET|UEG) foi selecionado para participar de uma conferência da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque.

A Future We Want Model United Nations Conference (FWWMUN) é uma conferência voltada ao protagonismo da juventude no âmbito do desenvolvimento sustentável e vai reunir, entre os próximos dias 8 e 11 de março, mais de 2 mil jovens líderes de 130 países, para uma série de debates sobre as principais problemáticas globais e possíveis alternativas.

A UEG vai oferecer apoio financeiro para auxiliar o estudante a custear passagens e diárias. “Quando soubemos que o nosso aluno estava entre os jovens escolhidos para participar dessa importante conferência internacional, que trata de um conceito tão caro para esse milênio, entendemos de imediato que a Universidade deveria dar o apoio legalmente possível”, afirma o professor Haroldo Reimer, reitor da UEG.

Maturidade

Para o reitor, o evento vai possibilitar uma maior maturidade no processo formativo de Pedro Henrique, além de inspirar outros jovens a se colocarem cada vez mais de forma proativa na solução dos problemas mundiais.

Da mesma forma pensa Pedro Henrique. “Será uma oportunidade de preencher uma lacuna que no Brasil eu não teria condições”, diz, ao citar também como benefícios a melhoria de sua capacidade de liderança, num ambiente imersivo, e da ampliação de sua rede de contatos (networking), entre outros.

Pedro Henrique também destacou o apoio financeira da UEG, sem o qual, ainda de acordo com o estudante, a viagem não seria possível. “Com certeza, eu poderia não ir, pois uma viagem internacional é muito cara, principalmente para Nova York”, agradece.

Diplomatas

Na conferência os jovens líderes, chamados delegados, vão ter a oportunidade viver a experiência de diplomatas na sede da ONU, participando de discussões com especialistas, funcionários estrangeiros e de várias organizações não-governamentais no Salão da Assembleia Geral, na Câmara do Conselho Econômico e Social e em outros locais de encontro oficiais.

Juntos, os delegados trabalharão para encontrar soluções realistas para o futuro, que, na conclusão da conferência, serão submetidos à revisão da Secretaria das Nações Unidas.

O objetivo do evento é aperfeiçoar o potencial dos futuros profissionais, incentivá-los a participar de questões do cenário internacional e ainda explorar as situações de tomada de decisão, como ocorre na ONU.

Jovem líder

Não é a primeira vez que Pedro Henrique participa de um evento de relevância mundial. Em novembro do ano passado, o estudante foi convidado para a reunião Leaders Circle do Google, onde apresentou o projeto de uma StartUp que trabalha armazenamento de dados para empresas que ele mesmo desenvolveu.

Pedro Henrique tem 23 anos, é um dos fundadores da Liga de Empreendedorismo da UEG e seu atual presidente. Bolsista do Programa de Incubação de empresas (Proin), ele faz parte Fundação Estudar, que apoia estudantes em questões de liderança e desenvolvimento profissional. “É um estudante com inserções múltiplas dentro da Universidade, que já mostra uma performance de liderança, uma proatividade singular”, ressalta Haroldo Reimer.

 

(Adriana Rodrigues | CeCom|UEG)

Notícia publicada em 02/03/2018