UEG e governo de Goiás inauguram Auditório do Câmpus Formosa

 

O Câmpus Formosa da Universidade Estadual de Goiás (UEG) inaugurou na tarde da última quarta-feira, 7, auditório de 234 lugares. Para a construção do local, que possui 720,55 m², foram investidos R$ 1.065.410,06 de recursos do Tesouro Estadual, da própria instituição e também verbas federais. Na oportunidade, também foi entregue ao Câmpus um microônibus.

Estavam presentes no evento o governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, o vice-governador, José Eliton, o reitor da UEG, Haroldo Reimer, e a diretora, Arlete Botelho.

No início de seu discurso, Arlete Botelho, agradeceu aos dois ex-diretores do Câmpus Formosa, Ivani Mariza Cayser e Fábio Santiago, “grandes lutadores para que a obra fosse finalizada”. Ela explicou a história de luta da comunidade acadêmica para que o auditório fosse concluído e destacou que ainda em 2003, alunos, professores e técnicos administrativos montaram uma comissão para dar início a uma campanha de arrecadação de verbas para a concretização do sonho de se ter um auditório no Câmpus.

“Naquela época conseguimos arrecadar R$ 160 mil e começamos a estrutura”, relatou a diretora. As doações foram realizadas por empresários, políticos, pessoas físicas e a sociedade formosence e dos municípios vizinhos. “Eram caminhões de cimento, areia, brita e diversas outras doações que chegavam aqui e alimentavam cada vez mais o sonho de vermos esse espaço pronto”, explica Arlete.

Além da Universidade, o auditório, que é todo climatizado, vai atender à comunidade da cidade e da região, promovendo um espaço público de debate de ideias, conhecimentos e tecnologias.

Haroldo Reimer iniciou seu discurso agradecendo ao governador de Goiás pelos constantes investimentos na UEG e também ao ex-reitor José Izecias, que durante o reitorado também lutou para que o auditório fosse construído.

“Ao longo dos anos temos a alegria de receber um conjunto de investimentos na Universidade. Hoje é o dia de Formosa. Esse auditório é mais um equipamento público de qualidade da UEG que ficará ao alcance da sociedade”. Para ele, a posição de respeito e de qualidade da UEG hoje foi alcançada por meio de várias vertentes, mas sobretudo pelo trabalho árduo das equipes de gestão da Universidade, pelos trabalhos desempenhados na reitoria, nos câmpus, nos diversos departamentos e colegiados.

Legado

“No dia 16 de abril de 1999 eu tive a honra de criar essa Universidade por meio da junção de 12 unidades educacionais. Hoje a UEG já conta com 41 unidades”, explicou o governador Marconi Perillo ao destacar que, hoje, a UEG é uma universidade solidificada, consolidade,  e já conta com cursos de Medicina, Direito, Filosofia, entre muitos outros. “A UEG é o grande legado da Educação de Goiás nos últimos anos”.

Marconi agradeceu a todos que contribuíram para que o auditório fosse construído e destacou que a obra é de altíssima qualidade, “talvez um dos melhores auditórios da UEG de todo o Estado, confortável, climatizado, com um bom palco”.

Na UEG de Formosa estudam 900 alunos dos cursos de História, Geografia, Letras, Química, Matemática e Pedagogia. Entre as autoridades presentes no evento estavam deputados federais, prefeitos, vereadores, o ex-reitor da UEG, José Izecias, os secretários Simão Cirineu (Representação de Goiás no Distrito Federal), Raquel Teixeira (Seduce) e Sérgio Cardoso (Articulação Política).

   

(Núbia Rodrigues| CeCom|UEG)

 

Notícia publicada em 08/02/2018