UEG e governo de Goiás inauguram Centro de Ensino e Pesquisa Animal e Vegetal

O governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, e o reitor da Universidade Estadual de Goiás (UEG), Haroldo Reimer, inauguraram na manhã desta quinta-feira, 14 de dezembro, o Centro de Ensino e Pesquisa Animal e Vegetal (Cepav), no Câmpus São Luís de Montes Belos. Foram investidos nas obras dos 14 laboratórios que compõem o Cepav, cerca de R$ 7 milhões. Durante o evento, o governador também autorizou o lançamento de edital de concurso público para a contratação de seis novos docentes para o curso de Medicina Veterinária do Câmpus.

O Cepav engloba um conjunto de laboratórios que podem contribuir significativamente com o desenvolvimento da região Oeste de Goiás e do Estado como um todo através de análises de pastagens, análises de solo, controle e prevenção de doenças infecciosas, parasitárias, qualidade e inspeção de alimentos, entre outros. De acordo com a diretora do Câmpus São Luís de Montes Belos, Aracele Pinheiro, essa foi uma data histórica para a UEG da cidade, tendo em vista que o Centro não atenderá apenas às graduações de Zootecnia e Medicina Veterinária e ao Mestrado em Desenvolvimento Rural Sustentável, mas também aos produtores da região.

Entre as autoridades presentes no evento, estavam o prefeito de São Luís de Montes de Belos, major Eldecirio da Silva, os pró-reitores da UEG, Ivano Devilla e Lacerda Martins, a diretora do Núcleo de Seleção da UEG, Eliana Nogueira, o presidente da Agrodefesa, José Manoel Caixeta, e o superintendente de Ciência e Tecnologia, Danilo Ferreira. Também participaram, vereadores do município e os diretores dos Câmpus de Iporá, Trindade e Palmeiras de Goiás, Valdir Specian, Antônio Cruvinel Borges e Eduardo Antônio de Sousa, respectivamente.

Cepav

"A economia de Goiás tem como principais atividades a agricultura, a pecuária e a indústria de alimentos. A criação do Cepav auxilia, inclusive, no desenvolvimento econômico estadual tendo em vista que atenderá a várias demandas regionais de melhoramento genético, nutrição dos animais, sanidade animal, entre outros", destaca Aracele. Ela também afirma que hoje foi iniciada a concretização de uma importante etapa de consolidação dos cursos de Ciências Agrárias da UEG.

O reitor da Universidade, Haroldo Reimer, iniciou sua fala agradecendo ao governador de Goiás por todos os investimentos que têm sido realizados na UEG ao longo dos anos.  De acordo com ele, a Universidade Estadual de Goiás tem avançado muito rapidamente na tentativa de qualificar cada vez mais suas infraestruturas e isso só é possível graças aos investimentos estaduais e também às parcerias que têm sido buscadas para se conseguir investimentos externos para a Universidade.

"Sem ferir a autonomia da Universidade e o caráter público e gratuito, nós temos a obrigação, como gestores, de alargar cada vez mais a rede de parceiros que ajuda a sustentar a apoiar nossas atividades, como agências federais, estaduais, empresas privadas, entre outras. Com isso, estamos desenvolvendo, a cada dia, mais e melhores atividades e mostrando à sociedade o efetivo retorno dos investimentos dos impostos arrecadados", ressalta Haroldo Reimer.

O reitor destacou ainda que no Câmpus São Luís de Montes Belos já foram feitas três importantes inaugurações apenas em 2017. "O Biotec, inaugurado em fevereiro deste ano, já é, inclusive, um dos cinco melhores laboratórios em biotecnologia e reprodução animal do Brasil", relata o reitor.

Semana de inaugurações e lançamentos

A UEG e o governo de Goiás lançaram, nesta semana, cinco cursos de Direito e um de Medicina, e publicaram edital de concurso para a contratação de docentes para as novas graduações. Ao final da última inauguração da UEG desta semana, o governador de Goiás, Marconi Perillo, reiterou que a Universidade não seria nada sem seu corpo de servidores, professores, diretores de unidades, sobretudo sem seu o reitor e pró-reitores, todos extremamente qualificados e competentes. “A nossa briga, no bom sentido, é a de transformar a nossa UEG quantitativa e, especialmente, qualitativamente, em uma das mais importantes universidades do Brasil e do mundo", afirma.

Ele explicou que há cinco anos havia feito o compromisso de que criaria, na UEG de São Luís de Montes Belos, um dos melhores laboratórios de zootecnia, veterinária e biotecnologia do Brasil. "À época, parecia só uma promessa, um discurso, hoje é realidade”, enfatizou Marconi. O governado também explicou que o governo prioriza um desenvolvimento regional equilibrado e que a UEG não foge à essa regra. "Uma prova disso é justamente o que estamos fazendo aqui e nos últimos dias com esse pacote de investimentos na UEG”.

Marconi Perillo ainda destacou que os investimentos que a UEG tem realizado em São Luís de Montes Belos nos últimos anos transformaram a Faculdade de Medicina Veterinária em uma das mais importantes do Brasil, sendo a que teve, no vestibular 2017/1, o maior número de candidatos por vaga de todo o País.

"Nós temos, infelizmente, no Brasil, universidade estaduais fechando suas portas sem condições de arcar com seus compromissos financeiros. Aqui em Goiás estamos na contramão, estamos ampliando, abrindo espaços novos, consolidando regionalmente a nossa Universidade que é a mais capilar do Brasil. E é preciso comemorar e ter orgulho disso", enfatizou o governador.

 

(Núbia Rodrigues| CeCom|UEG)

 

Notícia publicada em 14/12/2017