Estado de Goiás

Empresa júnior da UEG conquista título Alto Crescimento  

Dois anos após sua fundação, a Tectônica Empresa Júnior de Arquitetura e Engenharia da Universidade Estadual de Goiás (UEG) conquistou o título Alto Crescimento, da Confederação Brasileira de Empresas Juniores (Brasil Júnior). O título, pioneiro na UEG, foi recebido em agosto no Encontro Nacional de Empresas Juniores (Enej 2017), em Porto Seguro (BA).

O título indica que a Tectônica conseguiu alcançar, neste ano, as metas de faturamento projetadas em 2016. Segundo o diretor-presidente da empresa júnior (EJ), Rafael Henrique Gomes Silva, o crescimento chegou a mais de 200% em número de projetos e mais de 800% em faturamento.

A Tectônica atua na área de projetos e serviços de Arquitetura e Urbanismo e Engenharia Civil, com ênfase em levantamentos topográficos e arquitetônicos, projetos executivos de arquitetura e complementares, desenvolvimento de maquete eletrônica.

A EJ é formada por 13 sócios, todos acadêmicos dos cursos de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo da UEG, e conta com a coordenação do professor João Silveira Belém Júnior. “Buscamos estar presentes junto aos colegiados desses cursos, a fim de poder ter, cada vez mais, um maior compromisso Institucional”, informa Rafael, estudante do décimo período de Engenharia Civil.

Parceria UEG-EJ
Para o diretor-presidente da Tectônica, a UEG é fundamental. “Sem a Universidade, não existimos”, avalia, consciente do papel que a parceria UEG-EJ desempenha na formação empreendedora. “Nosso intuito é gerar valor aos acadêmicos integrantes da empresa através das gestões, inserindo-os no mercado de trabalho e proporcionando (a eles) valiosas experiências de desenvolvimento profissional e pessoal”, diz.

A Tectônica é também detentora do Selo EJ, juntamente com outras empresas juniores da UEG. O selo permite que essas empresas sejam reconhecidas como “federadas”, ou seja, perante a Brasil Júnior e a legislação, as EJs federadas contam com total regularidade jurídica, administrativa, financeira e contábil.


(José Carlos Araújo | CeCom|UEG)

Notícia publicada em 09/10/2017
BR 153 Quadra Área, Km 99, Anápolis-Goiás