Estado de Goiás

CsU | UEG terá Medicina em Itumbiara e Direito em 6 câmpus  

A Universidade Estadual de Goiás (UEG) aprovou no fim da tarde desta quarta-feira, 28, a criação, para o próximo ano, dos cursos de Medicina, no câmpus Itumbiara; e Direito em outros seis câmpus (veja lista abaixo). A decisão foi tomada pela 103ª plenária do Conselho Universitário (CsU), no auditória da Reitoria, em Anápolis.  Os novos cursos se inserem no Redesenho Institucional da Universidade.

Reitor da UEG, o professor Haroldo Reimer afirmou que os cursos terão turmas ainda no primeiro semestre de 2018. No entanto, devido a medidas internas e externas ainda a serem tomadas, o processo seletivo para tais cursos deverá ser realizado em separado do tradicional vestibular de fim de ano (2018/1).

Entre as medidas necessárias para a efetivação dos novos cursos, o professor Haroldo enumerou a elaboração de projetos pedagógicos, que devem também ser aprovados pelo Conselho Acadêmico (CsA); a organização de acervos bibliográficos necessárias aos cursos, a realização de concurso para contratação de professores, além da solicitação de aumento da vinculação orçamentária da Universidade de 2% para 3% sobre a arrecação estadual, com o intuito de criar as condições financeiras favoráveis ao funcionamento dos novos cursos.

Demandas antigas

Os cursos recém-aprovados, segundo o reitor, são demandas antigas. No caso do Direito, o professor Haroldo lembrou que há projetos protocolados desde 2010. Já no caso de Medicina, discussões e articulações entre UEG, governo de Goiás e prefeitura de Itumbiara remontam a 2015. Em abril deste ano, veio o primeiro anúncio oficial, confirmado agora, pelo CSU.

Pesam favoravelmente na decisão o fato de o câmpus UEG Itumbiara ser o único município goiana credenciado pelo Ministério da Educação para receber curso de Medicina. O câmpus UEG no cidade conta ainda com os cursos de graduações em Educação Física, Enfermagem e Farmácia.

Convênios com prefeitura local e a Secretaria Estadual de Saúde -- que vai colocar à disposição do curso 14 professores do seu quadro -- vão garantir profissionais para compor o corpo técnico e docente, além do acesso dos estudantes à rede de saúde municipal e estadual, que será o campo clínico para as aulas práticas. Com a abertura do curso, a UEG passa a ser a segunda instituição no Estado a ofertar Medicina de forma pública e gratuita.

A decisão tomada nesta quarta-feira pela UEG é o passo aguardado pela Secretaria Estadual de Gestão e Planejamento (Segplan) para dar início à abertura do processo seletivo com 25 vagas ao curso de Direito e 14 ao de Medicina. A aprovação do concurso foi anunciada no dia 6 deste mês, pelo secretário Joaquim Mesquita, como resposta pleito do reitor.

 

CURSOS APROVADOS 

MEDICINA (2018/1)

Itumbiara

 

DIREITO (2018/1)

Palmeiras de Goiás

Morrinhos

Pires do Rio

Aparecida de Goiânia

 

DIREITO 2018/2

Iporá

Uruaçu

     

 

(José Carlos Araújo e Fernando Matos | CeCom|UEG)

 

Notícia publicada em 28/06/2017
BR 153 Quadra Área, Km 99, Anápolis-Goiás